30/ago/17Calendário 01/set/17


Lago de Garda - 31/ago/17 (103 fotos)Mais fotos:ÁlbumSlide show

Vila Alba em Gardone - Lago de GardaO mesmo balcão que oferecia uma bonita vista do lago também foi fonte de muito barulho de trânsito a partir das seis horas da manhã. A estrada costeira que passava em frente ao hotel era muito movimentada e os grandes painéis de vidro que permitiam que a iluminação natural entrasse pela porta e pela janela não conseguiam abafar o ruído incessante. Na noite anterior havia desistido de esquematizar um roteiro devido à complicação na visualização das tabelas de horários dos barcos e dos ônibus na tela do cBrasão em Salò - Lago de Gardaomputador. A condensação de todo tipo de informação em espaços reduzidos tornava a leitura entediante e extremamente irritante, já que não era possível enxergar tudo de uma vez e precisava deslocar o quadro de um lado para outro com frequência exagerada. Resolvi apenas escolher um lado e iniciar a caminhada. Como ontem comecei pelo norte, em direção de Maderno, hoje ia para o sul, no sentido do centro de Gardone e, mais para a frente, Saló e, talvez mais ainda, até Manerba. Como a distância que pretendiCatedral de Salò - Lago de Gardaa percorrer era muito grande também desisti de solicitar um roteiro para o mapa eletrônico, afinal iria me manter o mais perto da costa possível, evitando a subida dos altos morros que cercavam o lago. Também não tinha muita esperança de encontrar tempo bom, com uma tempestade no horizonte dos próximos dias. Saí às 8:00 h para ver até onde conseguia ir. Já no primeiro passo fora da cobertura senti os pingos. Pelas previsões imaginei que ainda teria mais um dia aproveitável mas as nuvens já começavam a tCalçadão à beira-lago em Salò - Lago de Gardarabalhar. Desanimado fui andando pela estrada costeira que raramente oferecia abertura entre as residências particulares e hotéis para se observar a paisagem. Esse lado do Lago de Garda foi importante no esforço de guerra alemão que chegou a inaugurar a República Social da Itália entre 1943 e 1945. Muitas da Villas da região serviram para os oficiais como locais de recepção, casino, hospital ou residência, além de abrigarem centros de comunicação e servirem para encontros clandestinos, como aqueles entrPorta do Relógio em Salò - Lago de Gardae Mussolini e sua namorada. As margens do lago expunham painéis com a história do período e a função de cada edificação. Após atravessar o pequeno centro e calçadão à beira do lago em Gardone segui pela estrada costeira até a vizinha Salò, que foi a sede do governo inspirado pelo regime nazista e apresentava um centro histórico bem preservado recuando até o século XIV. Sentei sob a arcada na Praça da Vitória para aguardar a passagem de uma nuvem antes de continuar a tentativa de passeio. Já havia quase Centro de Salò - Lago de Gardadesistido e estava procurando a rota mais abrigada para voltar para o hotel quando um tímido sol apareceu me incentivando a perseverar por mais alguns quilômetros. Com passos lentos e cautelosos por causa do chão escorregadio iniciei nova caminhada e fui surpreendido pela simpatia da cidade. Talvez estivesse influenciado pelo infame filme de Pasolini, 120 dias de Sodoma, que mostrava a podridão no final do regime. Contudo, foi bastante aprazível caminhar pelos extensos calçadões e as várias passarelas Porto Porteae - Lago de Gardade madeira sobre a água. Havia reclamado bastante de andar em corredores de muros particulares e percebi que vários trechos estavam destinados ao lazer gratuito. As nuvens não chegaram a se dispersar mas garantiram um clima isento de ameaça e deu para estender bastante o percurso. O Lago de Garda formava uma profunda enseada nas cercanias de Salò e pude fazer todo o contorno por vias construídas especialmente para pedestres e bicicletas. Surgia então um promontório e outra baía menor, que me fizeram atrRocca di Manerba - Lago de Gardaavessar bem por dentro da terra firme, tanto para a encurtar o trajeto como por não haver rotas margeando o lago representadas no mapa do aplicativo. O destino final era o parque natural della Rocca, cujo nome fazia referência à bela formação rochosa Rocca di Manerba. Havia lido sobre algumas praias na base do penhasco e consegui seguir uma trilha até a beirada. A descida parecia meio assustadora e não havia razão para arriscar com o sol atrás das nuvens como continuava a acontecer. Na volta tentei seguIgreja de São Jorge em Manerba - Lago de Gardair um percurso mais litorâneo porém pude confirmar a inexistência de caminhos bordeando o lago. Fiz algumas tentativas, mas todas infrutíferas e que me faziam retroceder. Com o tempo avançando rapidamente e a distância se acumulando resolvi refazer o caminho já conhecido. No trajeto de retorno o sol pôde brilhar com um pouco mais de aberturas mas a previsão, que consultei ao chegar no quarto, continuava pessimista, especialmente para o dia seguinte. A internet esteve rápida e eficiente mais uma vez.