10/abr/18Calendário 12/abr/18


Providencia - 11/abr/18 (38 fotos)Mais fotos:ÁlbumSlide show

Interior nublado - ProvidenciaÀs 7:15 h estava preparado para mais um dia na estrada, contudo, uma observação rápida do céu pelas quatro amplas janelas que iluminam o apartamento sugeria grande cautela. As grossas nuvens que chegavam por trás das montanhas indicavam que um temporal se avizinhava e, de fato, em menos de cinco minutos, o mundo estava desabando. Numa das oportunidades em que espiei por entre as cortinas pude até conhecer uma das pombas que fazem tanta algazarra no final da madAeroporto - Providenciarugada na minha vizinhança. Uma delas bebericava tranquilamente de uma das calhas sobre o telhado do meu quarto. Como de costume, 15 minutos após o início da tromba dágua o sol voltou a aparecer, mas tive que ficar de sobreaviso porque ainda havia muita nuvem espalhada. Repetindo a experiência de ontem saí pelo lado contrário, tentando evitar a monotonia do percurso pelo sentido anti-horário. Ao contrário do dia anterior passei pelas duas entradas de Maracaibo Perfil da trilha no El Pico - Providenciasem todavia contornar o morro ao longo do litoral, economizando 2.000 metros. Alguns quilômetros para a frente me aproximei do pequeno aeroporto que apenas recebe os pousos e decolagens de dois voos diários de San Andrés. Percebi que a quantidade de carros estacionados se devia à chegada iminente do teco-teco. Repetir o percurso de ontem permitiu ainda identificar a rota seguida pela trilha que sobe o El Pico. O trajeto ficava bem visível quando contemplado desPerfil da trilha no El Pico - Providenciate lado da ilha. Um pouco adiante resolvi fazer um breve desvio para me aproximar do mar e admirar o litoral da reserva natural. Quando chegava perto da água os latidos de três cachorros começaram a ficar mais insistentes e um deles teve a ousadia de arranhar meu tornozelo, apesar das pedradas da aparente dona que sentava numa moto próxima. Queria mostrar que tinha controle do espaço e poderia me estraçalhar se não me cuidasse. Os marcos quilométricos posicionaLitoral da reserva natural - Providenciados ao longo da via permitiram confirmar que a extensão da estrada perimetral soma 18 quilômetros, valor coerente com os aplicativos de contagem de passos, o GPS do mapa eletrônico e o tempo gasto nos deslocamentos. Pouco antes de fazer o desvio para a praia resolvi sentar num banco de abrigo para avaliar o movimento da grande quantidade de nuvens. Seria muito incômodo ser pego por um desses temporais torrenciais numa faixa de areia sem nenhuma proteção. Além dPouso raro - Providenciaisso havia lido no Google que o simples gotejar da água de chuva pingando de uma folha do arbusto do manzanillo era suficente para causar reações adversas na pele dos seres vivos. Contudo a observação do céu não clarificou em nada o rumo das nuvens e decidi enfrentar a travessia da pequena colina deixando para me preocupar com o aguaceiro se ele viesse. Às 10:00 h iniciei o último trecho de um quilômetro e meio pela estrada secundária. À medida que chegava ao dAbrigo da gaivota na Igreja Batista - Providenciaestino percebi que ele coincidia com partes descobertas do céu e o movimento da cobertura parecia seguir em outra direção. Por 30 minutos pude relaxar com tranquilidade, até o vento enfileirar uma sequência de acinzentadas que certamente continham água. Não havia para onde correr e a única opção era ficar no lugar. Os pingos passaram rapidamente mas foram mais intensos do que eu imaginava. Até aquele momento o ar soprava do oceano para terra e podia ver o que eDescansando com a iguana - Providenciastava a caminho. Como o espaço azul ia até quase o horizonte pude continuar por mais uma hora sem transtorno. No entanto, pouco depois do meio-dia o vento trocou de direção e não era mais possível prever o que vinha de trás da montanha. Consegui aguentar por mais uma hora, quando o acúmulo de nuvens, aliado à imprevisibilidade do futuro imediato tornaram-se insuportáveis e eu comecei a levantar acampamento. O susto mostrou ser apenas mais uma nuvem grande e seMoradia florida em Água Doce - Providenciam ameaça, mas eu aproveitei a desculpa para encerrar o ócio no balneário. Na saída um casal de turistas me ofereceu carona em seu quadriciclo Kawasaki alugado. Agradeci e neguei a gentileza. A subida do morro foi ensolarada porém o resto do trajeto teve muita sombra. Parei às 14:00 h num banco em Água Doce, seis quilômetros antes da pousada, para adiantar um pedaço do texto e para descansar as pernas exaustas. Estava encarando esses férias como uma aclimatação Tempestade em alto-mar - Providenciapara a Grécia e o resultado tem mostrado que vou ter alguma dificuldade com o calor mais forte, as distâncias maiores, as subidas mais altas e a duração de quase três meses. Vou ter que intercalar o exercício com prolongada inatividade e muito líquido. Pensei em entrar na sorveteria pouco antes do fim do trajeto mas lembrei da melequeira que causei ontem com o cone crocante com sabores de pêssego e coco. Achei melhor recusar a guloseima gordurosa dessa vez.