03/ago/18Calendário 05/ago/18


Kalamata / Methoni - 04/ago/18 (95 fotos)Mais fotos:ÁlbumSlide show

Muitas cabeças - KalamataCansado de passar o dia de ontem lastimando a má sorte decidi tomar uma atitude quando cheguei no quarto no início da tarde antes da tempestade desabar. De posse dos horários do transporte interurbano passei bom tempo estudando as possibilidades e acabei chegando a algumas conclusões sobre um itinerário para os próximos dias. Se não contava com as condições ideais tinha que me virar com as alternativas disponíveis. A saída das ligações apenas noMercado movimentado - Kalamata meio da manhã facilitavam um percurso tranquilo até a rodoviária e saí do hotel às 8:00 h, uma hora e meia antes do prazo. A combinação de algumas nuvens com a demora em o sol levantar de trás do grande Monte Taygetos (leia teguêto) deixava o ar matutino fresco e ideal para a caminhada. Comprei uma paasagem para a cidade de Methoni (leia mefône), viagem cuja duração estimava em uma hora e meia. Esse foi o tempo que levou até eu ter que fazer coPraia - Methoninexão, cuja necessidade desconhecia, em Pylos. Além de pegar e deixar muitos passageiros pelo trajeto, o motorista teve que atravessar uma serra cheia de curvas fechadas e estreitas. Um monte de gente já aguardava na praça principal, que serve também de terminal dos ônibus. Só não mudei de ideia de continuar com a segunda parte porque pretendia retornar outro dia para visitar esse balneário. Além do mais a passagem até o destino que havia escolhCastelo espetacular - Methoniido já estava paga e não queria me acostumar a desistir dos planos na metade do proposto. O trajeto era de apenas 12 quilômetros e até dava para percorrer a pé. Porém a incerteza com os horários não aconselhava invenção de moda. A parada intermediária foi de 30 minutos e só cheguei em Methoni ao meio-dia. Esse teste me mostrou que a visita a outra praia servida por essa mesma linha seria inviável. Se levou todo esse tempo para chegar até aqui, oEntrada do Castelo - Methoninde o condutor aguardaria mais meia hora antes de continuar, teria que voltar pouco depois de chegar. Outro fator é que Finikounda (leia finicúnda), ao contrário de Methoni, parece ser exclusivamente praiana e não teria tempo de conhecer a costa do modo que me agrada, andando. Como estava considerando o último horário, das 21:00 h, totalmente inexequível por chegar tarde demais em Kalamata e ainda ter que andar até a hospedagem, a solução foi eLitoral protegido - Methonixcluir essa praia, reduzindo minha lista de candidatas. Ficou mais ou menos claro que o ônibus de volta para Pylos sairia às 16:00 h e não tinha certeza de como usar as quatro horas disponíveis. Sabia da existência de um belo farol e achava que essa seria toda a atividade que me ocuparia na cidade. Segui pela rua central do pequeno balneário e entrei na praia. A partir dali pude observar o enorme Castelo veneziano que guardava a entrada do portoFarol - Methoni. O farol de que tinha conhecimento era apenas o extremo da fortificação, em cujo interior passei boa parte do período livre. Após a derrota dos bizantinos na Cruzada de 1204, os venezianos tomaram posse do Peloponeso e construíram um amplo sistema de defesa. Edificaram o Castelo de Methoni no início do século XIII como parte dessa segurança. Parece que o intervalo entre as ligações rodoviarias é demasiado para quem não vai frequentar a praia eFarol - Methoni uma hora e meia antes da partida estava voltando para o ponto do ônibus. Não fui só eu. A partir das 15:00 h começou a aparecer mais gente interessada em voltar na condução de ali a uma hora. O ônibus da volta parou em Pylos mas continuou para Kalamata e não precisei trocar de veículo. O motorista me deixou no terminal pouco antes das 18:00 h e demorei mais quarenta minutos para entrar no hotel, após a parada de abastecimento no supermercado.